segunda-feira, outubro 31, 2011


Pretinha e Mel com seus filhotes procuram lar responsável


É muito gratificante ver que o trabalho que começamos em Macaé está dando muitos frutos, pois a indiferença em relação aos animais de rua tem diminuído muito. Recebemos e-mails de todas os bairros onde há pessoas de boa vontade que voluntariamente ajudam os animais feridos e abandonados. Cada um fazendo sua parte vamos construindo uma cidade mais harmoniosa e com paz, pois quem socorre um animal já tem a sementinha do amor e da compaixão desenvolvida no seu coração.

Abaixo segue o pedido da Silvana recebido via e-mail em 26/10/11 onde ela pede ajuda para adoção e contribuição para a esterilização para três cadelas de rua. Infelizmente em Macaé não temos este serviço público que deveria ser de direito de todos nós cidadãos, pois a Lei Estadual nº 4.808/06 RJ no ser Art. 22 diz que o controle da população de cães e gatos deverá ser feito pelo Poder Público através de programas de esterilização permanentes, o que já acontece no Rio de Janeiro e várias cidades do Brasil. É uma vergonha não termos o cumprimento desta lei na capital nacional do petróleo. Vemos muita luta pelos royalties, mas pouca utilização deste dinheiro de forma eficaz para sanar questões públicas como da superpopulação de cães e gatos.

"Meu nome é Silvana e primeiramente, gostaria de parabenizar ao PAM pelo lindo trabalho.

Trabalho no Jardim Santo Antônio (ao lado do bairro Aroeira) e resolvi entrar em contato com vocês para falar de uma linda princesa.

A bela notável em questão é a Mel, uma cadela com traços fortes de labrador que ganhou o amor de uma rua inteira. Sempre amável, doce, meiga, conquistou a todos.

A história dela começou desde o final do ano passado, ela chegou na rua, foi ficando, ganhando um e outro vizinho e todos na rua dão comida, ração, água e carinho para ela. Em dias de chuva, ela sempre reveza a casa em que dorme... Sempre tem um cantinho que a protege...

Mas em agosto ou setembro, não sei explicar ao certo, a Mel entrou no cio e pegou barriga. Aí, seus mimos cresceram. Todos redobraram a atenção. E então, no dia 11/10/2011 nasceram 10 filhotinhos, sendo que 02 morreram e ficaram 08.

Nesta rua, bem em frente ao meu serviço, tem um terreno baldio. Um vizinho doou uma casinha de cachorro para a Mel e seus bebezinhos. Desde então, sempre tem um ou outro que os visitam.

Só que agora, os filhotinhos estão abrindo os olhinhos e estão começando a sair da casinha... Está ficando perigoso... E isso está preocupando aqueles que gostam deles.

Neste ínterim, apareceram na rua mais duas cadelinhas... a Pretinha e a Mistinha...Vocês por acaso, conhecem algum veterinário que pudesse ser caridoso o suficiente e tenha um coração imenso que pudesse nos ajudar e doar a castração desta 03 princesinhas?

Infelizmente, as condições em que vivemos não nos pemitir dispor de uma quantia assim e nem todo mundo tem coração nobre para ajudar. E eu, sinceramente, gostaria de ver as 03 castradas, para que não corram o risco de ter filhotinhos para correrem riscos de ficar sem dono...

Envio, as fotos da Mel e seus bebês para que a conheçam um pouquinho...

Agradeço imensamente pela atenção e pela ajuda."

Quem quiser ajudar ou adotar entre em contato com a Silvana
Celular: (22) 9258-6577


 Mel e seus filhotes

Pretinha

Créditos das imagens: Silvana Sousa


Obs.: O PAM não faz prestação de contas nem monitora doações feitas aos voluntários, apenas divulga as campanhas que são ações individuais das pessoas de boa vontade que se importam com os animais.
0

0 comentários:

Postar um comentário