quarta-feira, fevereiro 16, 2011


História de resignação e solidariedade em Nova Friburgo




Momento de emoção para o sr. Elmir! "- Ele nem sabia que a cachorrinha da família havia sobrevivido!" Dizia o sr. Elmir que perdeu a filha de 13 anos, o filho de 10 anos, a esposa, a sobrinha de 3 anos, a casa, o carro e a lavoura! Porém, dizia não ter o que reclamar da vida, porque Deus estava no controle e daria um dia entendimento à ele do porquê de tudo aquilo que estava acontecendo. E você??? E eu??? Temos reclamado de quê? Esta é uma história para reflexão: aceitação, amor, resignação e principalmente fé.


Laila 2ª na Base 1 lá em Nova Friburgo. Sua adotante Laila não teve coragem de trocar o nome. Agora na casa são duas “Lailas”.


Laila enviou esta linda história via Orkut para que este gesto de amor que foi a adoção desta cadelinha, enquanto trabalhava como voluntária em Nova Friburgo, nos fosse exemplo da fortaleza que encontrou no sr. Elmir e na pequena Laila. Trouxe a nova “fiota” para Macaé. A dona dela se chamava Natália, filha do sr. Elimir, tinha apenas 13 anos e faleceu na catástrofe. Ela havia dado o nome Laila para a cadelinha. Nesta casa a qual Laila se referi faleceram 4 pessoas. Só restou o sr. Elmir de 35 anos e a cadelinha Laila. Esta voluntária do bem que presenciou corpo a corpo este drama se pergunta: “O tempo todo como ela sobreviveu? O estrago foi terrível!”

Fonte: História e fotos enviadas por Laila e texto editado por Eliana
2

2 comentários:

Adelina disse...

Lindo!!!! Realemnte nós humanos nada sabemos.
Só há uma certeza: nada acontece por acaso e sempre pr pior que a vida se apresente, algo de bom está guardado para nós.
Boa sorte a todos! Bjs Adelina.

Laila disse...

Obrigada pelo carinho! Mto bom relembrar esses dias que estive lá! Foram até hoje talvez, os mais produtivos e emocionantes de minha vida! :)

Postar um comentário