segunda-feira, setembro 05, 2011


05 de Setembro - Dia da Amazônia

Fonte: YOUTUBE

Quando falamos em Amazônia lembramos de densa floresta tropical, biodiversidade incrível, riqueza de matéria-prima. Todos esses fatores positivos contribuem para que ela seja o que é hoje: alvo de especulações e inveja de grande parte das nações do mundo, principalmente das poderosas, cujo grande objetivo é apoderar-se de uma dávida que veio florescer em pleno território brasileiro.
Em 1990, foi iniciado um trabalho na Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia para determinar a distribuição da diversidade vegetal na Amazônia.

Hoje, existe uma base de dados com a distribuição de mais de 3.500 espécies, capaz de gerar mapas por gênero, família ou total. Somando todas as áreas recobertas pela floresta, temos o incrível número de 6 milhões de quilômetros quadrados. A parte brasileira é calculada em 3 milhões e meio de quilômetros quadrados, o que representa mais de 50% da floresta e 42% do território nacional.

Segundo o geógrafo Aziz Ab'Saber, a Amazônia tem características marcantes que tornam sustentável tamanha vastidão verde. Ab'Saber nos chama atenção a extraordinária continuidade das florestas , e da grandeza de sua rede pluvial, ressaltando ainda que apesar desta vastidão apresenta pouca variedade de ecossistemas, mesmo analisando regiões e altitudes diversas. Algo que nos salta aos olhos é a mesmice encontrada nas terras amazônicas, sempre com altas e densas florestas, bem servidas de rios e animais.

A Amazônia é um intrincado ecossistema, que abriga uma riqueza de fauna e flora inestimáveis, podendo, caso seja usada de forma correta, trazer um avanço para o ser humano inimaginável. Mas a imensidão esconde a fragilidade desta massa viva perante a uma única espécie.

Fonte: Brazil Nature
0

0 comentários:

Postar um comentário